Simonetti’sketchbook


Monsaraz – Dia 2
Maio 3, 2009, 10:15 am
Filed under: Urbano

O dia começou bem cedo com o cantar desarrumado dos pardais que com alguma facilidade me conseguiram acordar.

Quando cheguei ao “Café Sem Fim” conheci em primeiro, dos que tenho perseguido pela internet, o José Louro. Um sorriso na cara, uma caneta de tinta permanente e o seu caderno. Foi assim que o esbocei num par de segundos. Ouvinte, conversador e atento. Falei-lhe do meu projecto ao que achou interessante e deu-me confiança para continuar. Depois de algumas trocas de palavras, aparece o segundo do elenco, o João Catarino. Ar descontraído, caderno fora de formato, um saco recheado de pincéis e uma natural felicidade que contagiava qualquer pessoa. Desta vez já não foi preciso apresentar-me, o José, no seu jeito empolgado disse: “Este é que é o Simonetti!” e o João ainda meio perdido na surpresa da frase disse: “julgávamos que eras uma mulher…”, pelo menos e por algum motivo já conheciam o nome, pensei eu, mas continuou “é que há uma mulher com o nome Simonetta que também está no Urban Sketcher e julgávamos que eras tu”. A internet tem destas coisas, mostramos o que nos apetece e parece perceptível, mas as mensagens são sempre interpretadas por cada um à sua maneira, tal como se fosse uma galeria de arte, mas de fácil acesso.

Entre a troca inevitável de elogios, expliquei que estava ali com uma missão. E se antes o José já me tinha dado apoio, o João ainda foi mais esclarecedor: “este homem é o futuro disto pá!”. E ali estava eu. O Louro à minha direita confirmando com a cabeça o que o Catarino, à minha esquerda, ia dizendo com os seus gestos. Tudo aquilo me preenchia e justificava a minha viagem. A meio chega o Eduardo Salavisa de quem tanto se fala ultimamente. Desta vez foi o João Catarino que me apresentou. Falámos mais um pouco das minhas ideias e do livro do Eduardo, “Diários de Viagem”.

A hora do início do encontro estava atrasada e juntaram-se os restantes membros do elenco, o Pedro Fernandes e o Pedro Cabral, julgava eu que eram os últimos, mas mais tarde vim a conhecer a Mónica Cid e a sua engraçada timidez.

A conferência começou. No fim foi lançado o desafio de irmos todos desenhar para a vila de Monsaraz. E assim foi.

Por volta das 17h30 regressámos todos ao café “Sem Fim”. Espalharam-se sketchbook’s pela mesa e vimos como cada um soube saborear a tarde na vila que estava repleta de turistas e o sol nos acompanhou calorosamente.

Ao fim da tarde e de regresso a casa com o sketchbook mais completo fica a vontade de estar com esta gente, conhecê-los melhor e até quem sabe, viajar com eles. Passamos tempos tão sozinhos a desenhar que quando encontramos alguém que está algures com um bloco e uma caneta na mão dá-nos vontade de conhecer tudo… imaginem como me sinto depois de conhecê-los.

Obrigado a todos pela simpatia que, sem excepção, vos caracteriza.

Anúncios

6 comentários so far
Deixe um comentário

Para mim também foi óptimo.
É uma grande experiência, ao fim de uma tarde de desenho, ver como no mesmo local e ao mesmo tempo várias pessoas foram sensibilizadas e interpretaram diferentes (ou os mesmos) motivos.

Comentar por pedro

Deve ter sido óptimo!
Também já tive oportunidade de fazer algo do género mais foi também com o Catarino e o Richard Camara, num workshop de diários gráficos q fizeram no cieam no ano passado.
Desde o meu 10º ano (por incentivo do meu brilhante professor de oficina de artes da altura) que uso o dito caderno, mas fiquei com uma visão muito diferente desde que fiz esse workshop, além de ter aprendido vários modos de desenhar.
Se tiveres oportunidade faz esse também que não te vais arrepender, muito pelo contrário!
Adoro os teus desenhos, continua a mostrá-los 🙂

Comentar por Catarina

Querido Luís,
Também foi óptimo conhecer-te um bocadinho e os teus desenhos fantásticos!!! Acho que saberás a resposta à pergunta do teu “post” de hoje em breve! Tens uma capacidade de desenhar com grande clareza e síntese, e conseguiste registar muito em pouco tempo! Parabéns e obrigada por o partilhares!
Um grande beijinho e até breve!

Comentar por Monica Cid

Olá Luis!

Obrigada, os teus desenhos também ficaram fantásticos, e adorei ver a tua perspectiva dos 3 simpáticos senhores que estavam sentados no banco!

Eu quero por mais desenhos mas para isso quero criar um blog simplesmente de Desenho e ainda não achei o nome ideal..

Entretanto acompanho o que tu sabes fazer e assim que criar o blog novo serás dos primeiros a saber! Beijo, Catarina

Comentar por Catarina

gostei muito de ver os teus desenhos que fizes-te em Monsaraz e os comentarios sobre os outros que eu só conheci ha pouco embora ja conhecesse pela internet boa continuação

Comentar por isabelfiadeiro

thanks for sharing your work. I admire them.

Comentar por Fatih




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: