Simonetti’sketchbook


Diários Gráficos em Monsaraz
Abril 28, 2009, 6:01 pm
Filed under: Vários

Cartaz "Diários Gráficos em Monsaraz"

Este fim-de-semana já tenho onde ir. Se quiserem apareçam.



Betão Liz
Abril 26, 2009, 9:59 am
Filed under: Urbano

Alfragide

Reconhecer os espaços por onde passo inúmeras vezes sem nunca ter olhado realmente bem é como se fossem descobertas. Este é um deles.



Aulas
Abril 24, 2009, 11:54 pm
Filed under: Pessoas

Aulas

As palavras, aulas e sexta-feira, por si só não soam nada bem. Pior fica quando são até à meia noite. Mas descobre-se muita coisa.
Aqui fica um registo da aula de Ergonomia. Para que conste que não era o único naquele momento que libertava uns traços na monocromática voz que não se calou durante duas horas… irra!



Quanto mais se desenha, mais se valoriza
Abril 24, 2009, 9:37 am
Filed under: Urbano

Gérard Michel

Chama-se Gerard Michel, é Belga e faz estas coisas. É assustador.
Quando for grande quero conseguir fazer disto.



A Caminho do emprego
Abril 23, 2009, 8:12 am
Filed under: Urbano

Faltavam à vontade uns 25 minutos para entrar à hora certa. Sai de carro e ao meu lado ia o sketchbook que me dizia a cada instante para desenhar. Fiz-lhe a vontade.

Queijas

Escusado será dizer que quando cheguei ao emprego já passavam 5 minutos da hora certa.



Escurquela
Abril 22, 2009, 7:28 pm
Filed under: Urbano

Escurquela, como tantas outras aldeias semeadas pelo norte de Portugal, são sem dúvida os melhores locais para passarmos uma manhã a desenhar sem dar pelo tempo passar. Quando se está com “aquela gente” sente-se de facto o que é humildade e simplicidade natural de pessoas que nos abrem as portas para oferecerem o que de melhor a terra lhes dá. Por isto e por outras tantas, Escurquela, estará sempre muito próxima do meu peito.



Porto
Abril 20, 2009, 11:43 pm
Filed under: Urbano

Ainda de volta pelas férias da Páscoa aparece o Porto.

Uma cidade cinzenta e onde o espaço para se construir casas parece que há muito que deixou de existir. Muita gente a tentar arrumar um carro em troca de uns meros cêntimos perdidos das mãos dos turistas que por ali passeiam. Casa da Música, Fundação de Serralves, Foz, Gaia, jardim da Cidade, Palácio de Cristal… não conhecia e gostei. Talvez volte lá daqui a uns tempos.